Agarre-se a Deus

o peso de nossas fraquezas

às vezes, nossas dificuldades, nossas fraquezas, parecemos ser como uma boulet pendurada no nosso pé que nos bloqueia em nossa progressão . Não apenas deixamos de quebrar a cadeia, mas além disso, este fardo é pesado e nos segue em todos os lugares. Quanto mais nos observamos, nossos recursos humanos, menos vemos soluções:

1 hino de graus. Eu levanto meus olhos para as montanhas. . . Onde vai me ajudar? 2 resgate vem de Jeová, que fez os céus e a terra.

Deus quer que você seja lançado

Saiba que Deus pode quebrar essas cadeias que lhe atribuem dificuldades, suas fraquezas humanas. Deus não quer que você reaquise seus problemas, mas ele quer que você progredir, que você usa frutas. Ele ouve cada um dos seus pedidos e nunca deixa seus filhos gritando com ele sem responder:

10, porque quem pergunta recebe, aquele que procura e se abre para aquele que atinge.

Para sair de suas dificuldades, confie em Deus.

Crescer ao lado de Deus

Agarrando-se a Deus também significa fazer a escolha de se ligar a ele a experimentar Os benefícios de sua presença a cada momento:

2, mas que encontra seu prazer na lei do Senhor, e que medita o dia e! 3 É como uma árvore plantada perto de uma corrente de água, que dá a sua fruta em sua temporada, e cuja folhagem não murcha: tudo o que ele consegue.

quando amamos alguém , queremos que fosse do nosso lado para ser feliz. Lutador, a proximidade de Deus, seu amor infinito, sua vontade de nos ver crescer com fé nos ajuda a progresso, florescer.

Receba a bênção do Senhor

Deus te ama com Amor infinito e não quer que você esteja sofrendo. Acredite, experimente hoje. Nem sempre espere por qualquer clique ou um tempo mais favorável:

20 aqui, fico na porta e atingi. Se alguém ouve minha voz e abre a porta, eu irei para casa, vou ficar com ele, e ele comigo.

Você deve ter alguma sede de Deus para receber sua bênção!

Saiba que se você se apagar a Deus, sua vida só pode ser preenchida com vitórias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *