dieta em colecistite crônica

Qual é a dieta para a colecistite crônica?

Com base em requisitos e restrições existentes em alguns produtos no alimento do paciente A questão surge: Qual é a dieta para a colecistite crônica? Primeiro de tudo, deve-se notar que a linha de fundo é que, ao mesmo tempo, mantendo uma saturação corporal completa, crie condições para sua embreagem química para o fígado e promover o funcionamento normal dos dutos biliares e melhorar o fluxo da bile. A dieta para a colecistite crônica fornece uma refeição dividida de 4 a 5 vezes durante o dia em pequenas porções. A nutrição sistemática sempre tem um efeito benéfico nos processos de secreção biliar.

O peso total de uma ração diária não deve exceder 3 kg, dos quais 1,5 a 2 litros. Cai em um líquido livre. O sal de mesa é permitido em uma quantidade de não mais de 8-10 gramas por dia. É necessário abster-se de comer pratos muito frios, cuja temperatura não deve ser inferior a 15 graus Celsius. Pratos quentes não devem ser aquecidos a mais de 62 ° C. Para promover a normalização do sistema digestivo, há necessidade de fibra dietética natural cujo conteúdo é principalmente rico em som de trigo. Em quantidades um pouco menores, são nuts presentes, frutas e legumes, em flocos de aveia.

o uso de som de trigo como alimento é possível no momento da forma natural em a quantidade de 2-3 colheres de sopa, bem como os pratos cozidos deles. O som de trigo é preparado da seguinte forma: 2-3 colheres de sopa de água no vapor e infundido por meia hora. Depois disso, dividindo-se em quatro partes, eles devem ser consumidos durante o dia, polvilhado com leite ou usado como um aditivo às sopas e borsch, com pincel. Uma decocção de som também tem um efeito positivo. É preparado por moagem em um moedor de café, após o qual ele é derramado com água fervente e cozido por 10 minutos. Depois de permitir que se infrute por várias horas a um dia, o caldo é filtrado e o açúcar e o suco de limão são adicionados. Como uma alternativa ao açúcar, o mel pode ser usado.

dieta 5 para colecistite crônica

O regime 5 para colecistite crônica determina a dieta, que consiste em comer pequenas quantidades de 5 a 6 vezes ao longo do dia. Alimentos para esta dieta devem ser cozidos ou cozidos de tal forma que uma crosta bruta não apareça. Os guisados e bifes também são permitidos. Os pratos cozidos devem ser aquecidos a uma temperatura entre 20 e 52 graus Celsius.

A inclusão recomendada no regime de cereais no leite ao meio com água de trigo mourisco e aveia, e arroz. As sopas vegetarianas acompanhadas de purê de legumes bem cozidos e arroz, flocos de aveia, batatas picadas, abóbora e cenoura são permitidos. As necessidades dietéticas também permitem que você coma sopas de leite em dois com água, cremes e cremes. O número de produtos de padaria autorizados inclui: o pão de farinha de trigo da primeira e segunda qualidade, o pão de centeio seco com farinha descascada e semeada, bem como cookies não utilizados.

As recomendações de carne dietética proporcionam uma oportunidade para Inclua variedades com baixo teor de gordura, carne, vitela, frango e peru, carne de coelho. Antes de comer, todos os tendões devem ser removidos da carne e pele removidos do pássaro. Para costeletas, você deve usar carne picada de baixo teor de gordura, e eles devem ser cozidos para um casal.

A dieta 5 com cholecystite crônica permite-lhe diversificar alimentos de peixe com variedades com baixa gordura – vapor, mingau e helicóptero. Você pode comer arenque magro encharcado, peixe recheado, saladas de frutos do mar.

produtos lácteos permitidos para esta dieta são leite, iogurte fresco, kefir, leite acidophilus. Você pode comer queijo cottage de baixo teor de gordura, bem como baixo teor de gordura e queijo barato.

Vários vegetais do menu podem usar vegetais crus, limpos, cozidos ou vapor cozidos: ervas, batatas, cenoura, couve-flor e beterraba. Eles são preparados sob a forma de purê, soprado, etc. Além disso, você pode se preparar de ovos cozidos no vapor e omeletes.Para isso, é necessário aderir à proporção de metade ou de uma proteína amarela a 1-2 inteira.

O chá e o café devem ser fabricados não fortes; O chá pode ser servido com limão e café – com a adição de leite. Bebidas ainda é uma decocção útil de cynorrhodon e suco de frutas e bagas.

O uso da manteiga deve ser limitado a 10-20 gramas por dia. O sal de mesa por dia não deve exceder 10 g.

,,,,,,

dieta em calcário crônico Colecistite

Antes de passar para a questão do que deve ser uma dieta em colecistite crônica, é necessário definir o que é a doença. A colecistite crônica crônica é uma forma dessa doença que é caracterizada pela formação de cálculos na vesícula biliar. A doença também é amplamente conhecida em outra colelitíase. Esta variedade é a mais desfavorável no plano prognóstico, porque causa um bloqueio dos ductos biliares e, na maioria dos casos, leva a um procedimento cirúrgico.

A aparência da litíase biliar é indicada pelo acesso de dor na área do hipocondrador direito. Em alguns casos, tais sintomas de dor podem ocorrer depois de comer, especialmente se os pratos eram pesados e gordos. Por esta razão, fatores como um estilo de vida saudável e uma dieta são muito importantes para a cura bem sucedida. Um conjunto de medidas terapêuticas inclui necessariamente os requisitos dietéticos dos especialistas médicos apropriados.

A lista de produtos autorizados e indesejáveis, que regula a oferta de crônica crônica crônica calculada, é baseada na dieta n ° 5A. Este plano visa promover a otimização dos processos de eliminar o corpo do corpo. Após alguns meses, tal regime vai para o regime terapêutico número 5.

Os alimentos de acordo com as recomendações alimentares devem ser fervidos ou cozidos no vapor e na sua composição não devem incluir proteínas animais pesadas. A dieta do paciente não permite a presença de painço, repolho, salsichas e produtos defumados, bagas e offal. Sob a proibição categórica em todo o curso de tratamento é o uso de bebidas alcoólicas.

Fonte de confiança ,,,,

dieta em crônica Colecistite acalculante crônica

crónica crônica tubeless ou não-cálculo é caracterizada por um estado de inflamação crônica na vesícula biliar. Na maioria dos casos, esta condição é acompanhada por uma disfunção do motor tônico de excreção biliar, cuja característica é que eles não levam à formação de cálculos.

Um dos métodos de tratamento crônico de colecistite crônica BESKAMENGO é dietético . Assim, uma dieta com colecistite crônica afeminada pressupõe uma dieta muitas vezes diferente, 4 a 6 vezes por dia, em refeições divididas em pequenas quantidades. A frequência e fracionidade da nutrição são um fator que contribui para o fato de que a vesícula biliar é esvaziada regularmente.

Não é recomendado o uso de alimentos gordurosos, fritos e picantes sob a proibição de gás e bebidas alcoólicas, tais como vinho e cerveja. Recomenda-se a abster-se de comer bolos, nozes, gemas, pratos frios, vegetais crus e frutas.

dieta na colecistite crônica sem crânio no caso em que a doença Passado para o estágio de exacerbação, prescreve o uso de alimentos frescos preparados exclusivamente em uma forma quente. A principal maneira de cozinhar deve ser cozinhar ou cozinhar para um casal. Pratos de cereais e vegetais também podem ser cozidos no forno.

Dieta na exacerbação de colecistite crônica

Plano com exacerbação de colecistite crônica fornece refeições freqüentes e divididas até 6 vezes em dia. Cozinhar em um momento em que a doença agravou requer uma abordagem mais cautelosa desse processo. Todos os produtos devem ser cuidadosamente lavados e cozidos com cuidado. Legumes devem ser preparados apenas em purê, carne e peixe – apenas em purê ou mingau. A quantidade de sal usada para cozinhar deve ser consideravelmente reduzida.

Abaixo, consideramos uma das variantes do menu do dia do paciente com colecistite crônica aguda.

para o primeiro café da manhã, você pode comer pasta de aveia no leite e massas curtas. Para o chá com açúcar e limão é permitido um pouco de pão branco com manteiga em uma quantidade de não mais de 5 gramas.

O segundo café da manhã inclui maçãs purê e biscoitos secos com um caldo de rosa almiscarado com açúcar.

para almoço, pão velho feito de farinha branca., purê de batatas ou cenouras, peixe cozido ou Vermicelle cozido com um vapor de carne soprado é oferecido. A substituição dos vermicelli pode fazer uma purê de batatas. Também para jantar – geléia, compota, suco ou geléia.

Você pode encher com migalhas de pão brancas com suco de frutas ou caldo rosa selvagem.

durante o Jantar, você pode comer uma pique a vapor ou omelete de proteína. Uma alternativa é um queijo soprado. Depois de uma refeição, sugere-se para beber com uma decocção de rusantier ou geléia de bagas.

antes de ir para a cama, um copo de leite, de kéfir ou leite de coalhada é bêbado

Quando a dieta a uma exacerbação de colecistite crônica fará com que a doença se retire da sua fase aguda, após consulta com o médico na dieta pode começar a introduzir gradualmente mais do que outros produtos, o que ajuda a garantir Nutrição do corpo.

dieta para pancreatite crônica e colecistite

A utilidade do pão é sem dúvida: é rico em proteínas vegetais. Mas, neste caso, o utilitário máximo difere apenas via ou especialmente seco. É melhor digerido, que se refere principalmente a pão cozido de variedades de farinha branca. Em pão de centeio, há muitas fibras vegetais que ajudam a otimizar a operação do intestino, incluindo os processos de drenagem da vesícula biliar. Isso impede a aparência da estagnação da bile.

Dieta para pancreatite crônica e colecistite planeja o uso de pão de centeio e frutas e legumes em forma crua e fervida. As sopas de vegetais são recomendadas, sem restrição.

Quanto aos ovos, é necessário examinar mais detalhadamente todas as vantagens e desvantagens de seu uso. O fato é que os ovos contêm colesterol, que é um dos fatores na formação de cálculos biliares e afeta negativamente o funcionamento do fígado. Na ausência de exacerbação, é permitido comer um ovo de cada vez com o amarelo uma vez por dia. As proteínas chicoteadas podem ser usadas para cozinhar carne, peixe, leite curvo soprado ou legumes, espumas de frutas e bagas.

A dieta para pancreatite crônica e colecistite implica envolve a inclusão no regime de peixe doente apenas em fresco, congelado ou forma emparelhada. Peixes congelados devem primeiro ser descongelados à temperatura ambiente. Deve ser mantido em mente que um longo mergulho na água pode resultar na perda de muitos peixes úteis. Para ferver o peixe com peças, é necessário enchê-lo com água fervente e, se for necessário extrair as substâncias extractivas, o melhor é preparar o vapor.

Fonte de confiança

Menu de dieta para cholecystite crônica

O menu de dieta para a colecistite crônica é baseado nos princípios de O número 5. O plano é distinguido por uma composição completa de todas as substâncias necessárias para o corpo. A dieta de pacientes com potência de colecistite crônica não deve incluir produtos que diferem na abundância do colesterol, que é inerente a amarelos, pulmões, cérebro, fígado, rins. Proibido em cholecistite crônica são também sopas – se carne, peixe ou cogumelos, carne, vinagre enlatado, enlatado, salsichas, feijão, espinafre, rabanete, rabanete, cebola verde, alho, especiarias, especiarias, bacon, cacau e chocolate – que existem substâncias extrativas. Recomenda-se excluir pratos fritos no menu do paciente e incluir mais produtos com efeito lipotrópico. Estes incluem: Saracen e aveia, carne de baixa gordura, peixe, comer o que impede a formação de depósitos em excesso de gordura no fígado. Para garantir uma melhor evacuação do bile durante o dia, você deve beber cerca de dois litros de líquido.

O menu de dieta para a colecistite crônica fornece freqüentemente (até 5 vezes durante o dia) e uma refeição compartilhada que Não deve ser picado, cozido no vapor ou assado no forno.

Por exemplo, considere uma das opções para o menu no estágio de recuperação.

Durante o primeiro café da manhã, é Sugerido para comer peixe cozido ou arenque embebido com uma explosão de morriscin ou batatas cozidas.Em pão branco ou preto, você pode distribuir 5 gramas de manteiga. É permitido chá doce com uma fatia de limão ou uma xícara de café natural a granel com leite.

para o segundo café da manhã – queijo cottage com creme azedo, que não deve ser mais 10 gramas, ou cru. Opcional – um pouco de queijo desconfortável. Uma maçã e um copo de caldo rosa do cão.

No almoço, você pode comer sopa vegetariana vegetal, nas segundas cenouras cozidas e ervilhas verdes com costeleta de vapor ou chop de carne cozida. Compota de frutas secas ou frutas frescas.

Como um lanche à tarde, recomenda-se ter biscoitos ou biscoitos desconfortáveis de um pão ou pão, com chá com açúcar e limão.

Você pode jantar com rolos de repolho recheado de carne de mingau e arroz, ou com uma caçarola de queijo cottage com ameixas encharcadas. Chá com mel, geléia ou um copo de caldo rosa do cão.

receitas receitas para colecistite crônica

Para fornecer corpo adequado e adequado nutrição durante a doença, são várias receitas de regime para colecistite crônica. Considere algumas delas.

  • Costeletas de carne vegetais

para a sua preparação, a carne é cozida até cozinhar e cortar em pedaços. Corte cubos cúbicos, e couve-flor em inflorescências, os vegetais são permitidos em uma pequena quantidade de água, a que manteiga é adicionada. Os vegetais assim consumidos são combinados com carne e, depois de serem salgados, são passados por um helicóptero de carne, após o que é necessário adicionar ovos e 5 gramas de manteiga. A massa resultante é completamente espancada, e são costeletas, que são batatas fritas em uma frigideira revestida de manteiga. Se desejado, pedaços de batatas cozidas ou vermicelli são espalhadas, todos os revestimentos de creme azedo ou creme com segurança com farinha, polvilhado com queijo ralado e assado.

  • sopa de batata

Batatas lavadas são limpas, cortadas em fatias e acompanhadas de cenouras, lavadas, descascadas e cortadas em cubos, serrada na manteiga ou em uma pequena quantidade de água. As cebolas devem ser limpas e cortadas em fatias, saltos na manteiga. Na água fervente é colocado pela primeira vez preparado batatas, e após 10 a 15 minutos, também é necessário enviar as cebolas e cenoura, e trazer a sopa para a prontidão.

Receitas receitas para a colecistite crônica também sugerem também a preparação de todos os tipos de geléia. Aqui está um exemplo de geléia de laranja.

laranjas, o suco descascado é expulso. Zedra (o lado laranja da pele) deve ser cortado em tiras finas. A gelatina é derramada da água fria na proporção de 1 a 6-10, e após o seu inchaço por 30-40 minutos, o excesso de água é filtrado através de gaze. A água quente adicionada com açúcar é cozida e depois a entusiasmo e gelatina preparadas no xarope. Depois disso, mexendo continuamente, o xarope é ferver e filtrado. O próximo passo é adicionar suco de laranja ao xarope e misturar. Então tudo é derramado em mexilhões, que deve estar no frio – cerca de 8 graus Celsius por 1-2 horas.

Para remover o gel do molde e colocado no prato deve mantê-lo durante 1-2 segundos em água quente e enxugado com uma toalha de cobertura plana retornou de cabeça para baixo e agitá-lo ligeiramente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *