O que é Chi (Qi)?

Chi: Respiração Cósmica Universal / energia vital do indivíduo

muitos jornalistas ou Escritores falaram sobre a misteriosa energia usada em artes marciais. Mas, apesar dos antigos textos e ensino de professores, percebemos que a definição de energia ou energias é muitas vezes aleatória. Então, o que é energia?

eu. Energia universal e um é dividido e desacelera suas vibrações

a) há uma energia fonte que engloba todos os outros:
na Ásia e especialmente na China, é o Wu-Chi, cujo universo é totalmente “preenchido”. Este espaço “preenchido” não é menos vazio de eventos. Wu-Chi (Wuji) é frequentemente traduzido por “vazio”. Em seguida, vem o Tai-Chi: Esta energia contém o que é freqüentemente chamado Yin e Yang Energies. Este último corresponde aos pares de energias de consciência e amor (lucidez e compaixão nos budistas). Então, toda energia, seja qual for sua qualidade, tem sua complementaridade em outra. Yin e Yang se encontram em todas as coisas. Sob cada uma dessas duas energias, uma infinidade de energia vibrando cada vez mais rápido: pode ser chamado de “a queda”: a matéria é uma das últimas etapas dessa queda. O assunto é, portanto, energia como a ciência de hoje a reconhece.

“O Tao está vazio, mas inesgotável, como um abismo insondável na origem do mundo”
Tao-te -King de Lao Tseu (Fifth século aC)

Além disso, esta queda gera um rebote, um retorno à fonte enquanto enriquece o material, bem como todo o sistema. Na verdade, está ciente da vida que realiza essa jornada vertiginosa e misteriosa para sua própria origem. Esta viagem é chamada Tao (DAO). É a maneira que leva a ser a descoberta de si mesmo. O Tao também é sinônimo de ser. Ele deu o termo do taoísmo. Este último é um dos principais místicos dos chineses. O taoísmo permeia todas as artes marciais internas.

b) As três energias ensinadas na medicina chinesa e nas artes marciais:
é ensinado três qualidades de energia (ou três energias): Jing, Chi e Shen. Eles estão sempre presentes e agindo em nós. Por exemplo: Shen gera uma ordem (intenção), o chi a transforma em “impulso” (emoção), e Jing (força nervosa) desencadeia a manifestação física (LI) dessa ordem.

o jing ( Jin, Queixo …): É a energia mais próxima da matéria dura e está relacionada à energia nervosa e defensiva desenhando sua força na medula, a energia sexual e os rins. Sua primeira manifestação, nas técnicas de artes marciais, é o “gato que contrata” (cadeira de frango, emoção …). Pode ser possivelmente concentrado e canalizado em um gesto e torna fluido e / ou explosivo (FA-JIN, para não ser confundido com FA-LI).

chi (qi, ki …): Esta é uma energia vibrante mais rápida e é muito mais difícil sentir. Muitas vezes é conectado ao emocional. É a energia que flui nos meridianos da acupuntura e que flui em todos os lugares ao nosso redor. Pode ser dividido em Yin e Yang Energies. Sua primeira manifestação é a sensação de correntes “magnéticas” dentro do corpo ou na superfície da pele. Pode tornar o gesto mais relaxado, mais pesado ou mais claro. Note que o Chi não pode circular harmoniosamente em um músculo contratado porque estagnates (que pode causar, a longo prazo, bloqueios físicos e doenças). O Chi de Meridianos de Acupuntura é agora reconhecido pela ciência e é detectável e mensurável por instrumentos.

O Shen: É a energia rápida relacionada à mente. Ele pode designar o espírito ou alma. Shen pode se manifestar infinitamente em todas as formas, já que é dele que as outras energias caem. É, de certa forma, a energia universal se manifestando através do ser humano. Shen não deve ser confundido com a mente ou intelecto. Aproxime-se do que é chamado de “consciência pura”. Suas manifestações conscientes são relaxamento (corpo, emoções, mentais …), humildade, escuta, silêncio interior, desapego e percepção prolongada do espaço.

C) Outros tipos de energias:
Tealúrico, Cósmico Energie, Energias dos 5 elementos asiáticos (terra, água, fogo, metal, madeira), energias dos 5 elementos ocidentais (terra, água, fogo, ar, éter), os 10 corpos de energia. .

“Você pode beijar a unidade sem afastar suas almas superiores e inferiores? Você pode concentrar sua respiração como incomodar o recém-nascido?
Você pode esclarecer-se como um espelho sem tarefas? “
Tao-te-rei do Lao Tseu (VIET século aC.)

(Nota: No taoísmo, o ser humano tem 2 grupos de almas ou corpos sutis: o 1º em compreende 3 maior, o segundo em englobado 7 sendo ligado à mente, ao emocional e à etérica )

II. O que não deve ser confuso:

a) Embora tudo seja energia no universo se olharmos para o nível microscópico e nuclear, não confundir um gesto feito por outro provocado por uma sensação de energia.
A mesma técnica pode ser realizada “com energia” (forte e rápida musculoso) sem ser causada pela energia (Jing ou Chi, por exemplo). Alguns especialistas (?) Confundam FA-LI (explosão muscular) e FA-JIN (explosão nervosa). Praticar Tai Chi Chuan por 20 anos não necessariamente faz de você um praticante da arte interna.

b) energia, seja qual for (Jing, Chi ou Shen. ..) Não há como relacionado a um aspecto puramente técnico: Pode se manifestar ou não fazê-lo; Ele pode se manifestar de maneira interna ou externamente e às vezes diferente.

c) Não confunda um domínio de posturas de bom corpo com energia: alguns “mestres” de Tai Chi Chuan, por exemplo, cultivar pessoas a vários metros ou crescer com um dedo ou resistir contra os impulsos de 10 ou 15 caras; Mas esta é apenas uma técnica dentro de algumas horas de treino! Só, aqui, os “mestres” dizem que é o famoso Chi … Note que as técnicas “secretas” são muitas vezes coisas ou destacar os princípios para colocar em prática e é por isso que eles são mantidos em segredo!

d) Não confunda os poderes de energia com os poderes da hipnose: os “mestres” que crescem ou resistem aos atacantes sem tocar quase todos do que a hipnose em pessoas influenciadas (em geral: seus alunos). Reconhecer o uso da hipnose apenas observe as pessoas que sofrem as técnicas do “mestre” e para ver se eles têm uma atitude um íngreme, atordoado e muito obediente. Nota em aprovar que esses “mestres” nem sempre sabem que usam mecanismos de hipnose; Deixe-os experimentar suas técnicas “mágicas” em ataques de leão ou “Loubardes” com faca etc., … para ver se funciona … um dos meus alunos (um dos mais antigos iogues da França) me disse um dia que um Tourse inteiro havia sido hipnotizado à beira de uma estrada na Índia por dois “yogis com barba branca”: todas as pessoas presentes, exceto aquelas que os levitavam no ar! Na mostra hipnose, eu sei que é possível forçar alguém a andar, ajoelhe-se ou adormecer, para fazê-lo acreditar que sua mão é colada no chão ou que é verde, ou que tal grande profeta aparece para ele .. . No entanto, não escute muito daqueles que tentam provar que esse poder energético não existe. É uma pequena concha, você não encontra? É equivalente a tentar provar que extra-terrestres não existem. O mundo é tão vasto, mas orgulho humano também! Acho que lembro que Kenji Tokitsu escreveu que, como não havia arquivos em pessoas que usaram esse tipo de poder durante o conflito, eles não existiram. Por que seria forçado que, provavelmente, seres excepcionais se misturam com os assuntos dos homens comuns, revelando-se a todos os efeitos de seus poderes? Isso traria esse problema. Talvez um dia os poderes de energia real de alguns mestres serão reconhecidos pela mídia e pela ciência oficial; Quando as pessoas serão mais tolerantes e menos medrosas ou quando aqueles que desejam a todos os custos, o poder sobre as pessoas querem desacreditar.

e) Não confunda Jing com o F-Jing, Chi com gestos lentos ou shen com a aparência … Esses eventos são apenas um aspecto dessas energias. O Chi, pode ser explorado explosivamente como Jing e, na época, é chamado FA-chi. Shen pode se expressar do lado de fora do que na aparência.

III. Que atitude tem com energia?

a) os erros generalizados e ensinados: Will of Power, Power, Control … a maioria das escolas de ioga, Qi Gong e D Artes marciais internas aprendem as pessoas a dirigir e controle energias em uma direção ou em outra, com uma cor, um símbolo ou um som, etc., … Eles vão com freqüência, sem suspeitar de uma bunda de saco: o ego. Não é melhor jogar o aprendiz do feiticeiro e acreditar ser mais esperto do que nossa mãe que planejou tudo para seus filhos. Esses ensinamentos errados vêm de pessoas sensíveis e talvez bem avançadas no caminho, mas pensaram que descobriram ser válido para todos.Às vezes temos a oportunidade de ouvir de um lado em que a energia sempre entra em tal sentido, e do outro lado que circula na direção oposta. Quem está certo ? Ninguém e todos! Algumas escolas confiam em dados científicos e propõem exercícios muito eficazes: não impede, desde que haja controle excessivo de energias (e o resto), a mente permanecerá o rei e todos os “poderes” que ele desenvolverá só ser vinculado a si mesmo. A fruta vem da árvore … o que é material produz material. O que é físico produz perecível. As conquistas são reais se forem imperfesíveis. Lembre-se que a mente tem mais voltas do que poderíamos listadas. Saiba que o ego trabalha muito com a mente e o medo do desconhecido, de ilimitado, absoluto, silêncio, solidão, vazio, inação, … Tem medo de tudo o que não é ele (ele é conhecido, limitado, parente bate-papo, egocentrismo, orgulho, instabilidade e confusão).

b) A energia que os chineses comumente nomeam “chi” ou “qi”, só podem ser integrados em nós quando nosso corpo físico, nosso emocional e Nossa mente está relaxada. Se o corpo for liberado, não há esforço muscular para fazer um movimento explosivo, por exemplo. Se o emocional é relaxar, não tentamos fazer muito ou mostrar que somos os mais fortes. Se a mente é serena, tudo é simples e espontâneo.

c) O que fazer com energia? Simplesmente deixe ser o que é sem dispostos a direcioná-lo nisso ou esse significado, etc … A energia boa e real “trabalho” consiste apenas para ser a si mesmo aqui e agora, para deixar ir (Wu Wei) Isso torna possível descobrir a realidade primeiro nos próximos e depois a existência das energias mais sutis. Se nós perturbarmos a natureza, vamos cobrar. No entanto, existem algumas técnicas de energia dignas de serem usadas porque não se opõem às correntes da vida: centragem, equilíbrio e “chamada” de energias.

Existem duas maneiras ensinadas em energética:

1. A pequena maneira: aquela que assume você de técnicas aprendidas em risco de esquecer o objetivo final que é unir conscientemente em Wu-Chi (ou Tao). Este caminho é perigoso e pode ser perigoso porque aproveitamos as novas sensações, poderes, acúmulo de conhecimento, etc … só pode ser positivo se alguém é acompanhado por um verdadeiro mestre (ele não é óbvio para saber se é realmente uma). Este caminho começa com detalhes para ir ao global (o Tao …).

2. A grande maneira direta: é emprestado por alguns místicos independentes. É uma questão de entrar em contato com a energia mais perfeita (Tao, Wu-Chi, Tai Chi, …) e depois ser guiado. Isso requer, na base, uma confiança e inteligência bem estabelecidos. Este caminho é o mais seguro porque tem muito menos armadilhas relacionadas ao ego. Também é mais rápido que a pequena rota tortuosa.

em conclusão, não confie em aparências e descrições feitas nos livros ou nos estágios, se isso fizer sonhar. Prática artes corporais ou disciplinas levando para o relaxamento central do pilar. As artes marciais verdadeiramente internas são aquelas que levam a uma prática fluida e relaxante também através dos gestos que através do Espírito em que são realizados: Em geral, um mestre interno parecerá relaxado e sereno (depende também do que ele quer Express …). Alguém estar no abandono não está necessariamente fazendo gestos lentos com “concentração”. Será mais frequentemente em espontaneidade e simplicidade e raras são aqueles que podem reconhecer são níveis se não tiver decidido antes.

controle interno de energia

o Dian Xue (Tien HSUEH) está acima de toda a arte de concentrar a energia de um sucesso no tempo (velocidade de aplicação) e no espaço (precisão do golpe) em uma zona anatômica vulnerável. No centro desse sucesso, o controle de energia em todo o caminho da arma natural, sua mobilização inicial para sua “explosão” final para o impacto, passando pelo controle de sua trajetória correta e sem ‘lá é quebra no tempo. Esta energia (Qi) é chamada nas artes marciais orientais “Vital Energia ou Vitale Hálico” e está muito além da energia muscular simples. Este nome abrange todas as energias que podem mobilizar um corpo humano, tanto físico quanto mental, fisiológico e psíquico. O controle desta “energia interna” (Qi Gong), que circula no corpo através dos 12 meridianos (QING), bem como nos dois canais medianos, todos os canais de maio e Jen, é uma arte em si. .Qi Gong está no centro das preocupações de um praticante de kung-fu, mesmo que as muitas questões enfrentadas nesta área causassem preciosas e “fumantes”, confiando sem vergonha na ingenuidade e a credulidade das pessoas.
Que às vezes duvida a seriedade e a veracidade de certos feitos relatados dos tempos antigos, quando autênticos mestres de kung-fu fizeram fatos pendentes graças ao controle de suas ondas de energia (como parar um adversário remoto, para fazê-lo cair em um estado de choque simplesmente Colocando sua mão, ou para resistir sem esforço para o impulso conjugado e selvagem de vários adversários). Mesmo dando as lendas e a do sonho, o Qi Gong mantém um interesse real que não escapará qualquer praticante de kung-fu que deseja ir às raízes de sua prática.

Para muitos ele se tornou um arte por si só (kung-fu de nei-jia). Praticada internamente ou externamente, um kung-fu sem correlações estreitas com essa energia interna cairia em uma forma física banal, da qual qualquer alma estaria ausente. É o perigo óbvio de um boxe chinês contemporâneo que, para os fins de um desenvolvimento em massa encorajado por quantidade de promotores a motivações muitas vezes muito claras, torna-se mais e mais para um simples esporte de combate que se juntam à coorte de todos os outros, com o mesmo deficiências e o mesmo decepção. Alguns anos de concessões a uma moda frenética e Brauderie do Essentials, para as necessidades dos resultados imediatos, provavelmente terão sobre a arte tradicional de kung-fu um poder erosivo muito mais prejudicial do que o dos séculos de existência difusa.
Wikipedia: https://fr.wikipedia.org/wiki/Qi _ (espiritualidade% C3% A9)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *